Sereng Engenharia

Equipes dedicadas ao cliente


A Sereng Engenharia e Consultoria caracteriza-se por ser uma empresa de engenharia habilitada a prestação de serviços nos diversos segmentos de mercado, focando na aplicação de processos estruturados, metodologia de trabalho e recursos humanos altamente qualificados.


A Sereng tem por objetivo ser uma empresa de Engenharia orientada para o Cliente, com principal foco de atuação junto às Indústrias de Siderurgia, Mineração, Papel, Celulose, Química e Petroquímica, Óleo e Gás, Instalações Portuárias e outros.


Estamos capacitados a atender tecnicamente e integralmente as indústrias, com desenvolvimento de Engenharia de pequeno, médio e grande porte, abrangendo projetos de melhoria operacional, engenharia de manutenção e novas unidades operacionais.


A Sereng mantém estreito relacionamento junto as empresas detentoras de Tecnologia Industrial, Fabricantes de Equipamentos e Fornecedores em regime EPC, no desenvolvimento e serviços de engenharia.


A Sereng tem por missão proporcionar “Soluções de Engenharia” de forma hábil e precisa, com confiabilidade, conhecimento e inovação contínua.



eng-1



  • Modalidade pela qual é mantida uma equipe de dimensão restrita atuando de forma exclusiva para o cliente (task-force);

  • Atuação no escritório central ou na sede do Cliente;

  • Integração com as equipes de engenharia, manutenção e operação do Cliente;

  • Atuação dedicada que permite o aprimoramento na comunicação, entendimento e melhoria contínua das atividades;

  • Custos otimizados e redução de overhead comparado com contratações “spot”;

  • Atuação em necessidades gerais de fábrica;

  • Preparação de programas anuais de investimentos;

  • Atuação em projetos de melhorias e aumento de eficiência;

  • Gerenciamento e engenharia com atuação integrada;

  • Sinergia de custos pela integração de atividades;

  • Assessoria técnica relativa aos Processos e Metodologia de Trabalho no Planejamento e Controle, Inspeção, Execução (Preventiva e Corretiva) e Engenharia de Manutenção;

  • Cliente pode se dedicar a suas “atividades fim”, uma vez que as atividades de suporte de engenharia e manutenção são feitas por especialistas no assunto;

  • Rapidez na busca de solução de problemas evitando paradas de fábrica.


eng-2


Engenharia de Manutenção

A Engenharia voltada a gestão de rotinas de manutenção


Assessoria diária das rotinas dos Engenheiros de Manutenção com foco no tratamento e redução das perdas operacionais


  • Elaboração de diagnóstico inicial das rotinas da Engenharia de Manutenção;

  • Elaboração de propostas para estruturação da equipe;

  • Uso do sistema de manutenção para elaboração do perfil de perdas (ranking de falhas) utilizando os registros de ocorrências da Manutenção corretiva;

  • Elaboração de padrão para o relatório de perfil de perdas;

  • Estabelecimento de metodologia para direcionamento da rotina de tratamento de perdas;

  • Acompanhamento das elaborações das análises de falhas estendidas, conforme padrão, por especialidade;

  • Capacitação tecnológica dos Engenheiros em Integridade estrutural.


Especificação das atividades de inspeção e aprovisionamento


Acompanhamento diário das rotinas das atividades realizadas pelos inspetores, auxiliando e propondo melhorias no processo, incorporando:


  • Realizar inspeção dos itens de acordo com o estabelecido no plano de inspeção identificando a aplicação das técnicas adequadas;

  • Pré-análise dos dados, verificação das tendências e identificação das providências necessárias, visando as estabilidades dos equipamentos;

  • Identificar paradas no mapa de manutenção preventiva de 52 semanas, relacionar e planejar as atividades;

  • Alimentar as carteiras de serviços a serem executadas, dimensionamento da mão de obra, materiais e recursos necessários.


Especificação das atividades de planejamento, programação e controle da manutenção (PCM)


Assessoria e acompanhamento diário das rotinas dos Planejadores, Programadores e Controladores, incorporando:


  • Diagnóstico inicial das rotinas de PCM;

  • Elaboração de proposta de estruturação e reestruturação;

  • Elaboração de propostas de metodologias aplicáveis às rotinas de PCM;

  • Elaboração e controle do mapa de manutenção preventiva mensal e anual;

  • Elaboração de relatórios de backlog para todas as áreas industriais;

  • Implantação de indicadores de rotina para obtenção de resultados.

  • Estabelecimento de padrão direcionador dos marcos de planejamento e programação;

  • Realizar a gestão do Sistema de Manutenção (Sistema de Gestão de Ativos);

  • Capacitação da equipe conforme práticas de classe mundial.


Especificação das atividades de execução da manutenção programada


Acompanhamento diário da rotina das atividades realizadas pelos executantes, incorporando:


  • Preparação das preventivas, visita técnica, elaboração de procedimentos para execução, seleção de materiais e ferramentais;

  • Distribuição das atividades recebidas pelo planejamento e programação para as equipes;

  • Execução das atividades programadas;

  • Capacitação das equipes;


Especificação das atividades de execução da manutenção corretiva emergencial


Acompanhamento diário da rotina das atividades realizadas pelos executantes, incorporando:


  • Abertura de ocorrência no Sistema de Gestão de Ativos;

  • Preparação para as corretivas (reserva de material e ferramenta!);

  • Execução das atividades corretiva.

Áreas de Atuação


Escaneamento digital a laser (LS3D):

  • Nuvem de pontos 3D
  • Maquete 3D

 

Projetos em 3D, na modalidade inteligente  – BIM:

  • Banco de dados do projeto
  • Softwares de engenharia integrados

Análise e verificação das adequações e modificações necessárias à serem implantadas nos projetos originários de outros países, objetivando:

  • Conformidade com as normas técnicas brasileiras(ABNT-NBR);
  • Atendimento aos padrões próprios do cliente;
  • Adequação aos tipos de equipamentos e materiais disponíveis no mercado nacional;
  • Atendimento à certificação local e licenciamentos (órgãos ambientais, prefeitura, corpo de bombeiros, SSO, DRT, Minas Energia, etc).
  • Critérios de projeto
  • Fluxogramas e P&IDs
  • Balanços de massa e energia
  • Datasheets de sistemas e equipamentos
  • Especificações técnicas
  • Análises técnicas de propostas
  • Descrições de processo e intertravamento
  • Padrões de projeto
  • Layouts
  • Planos Diretores
  • Des. de arranjos gerais
  • Des. de fundamentos
  • Diagramas de cargas
  • Detalhes típicos
  • Estruturas metálicas (outlines e des. unifilares)
  • Sist. ventilação e ar-condicionado
  • Sist. prevenção e combate a incêndio
  • Especificações técnicas
  • Plantas e cortes de tubulações
  • Isométricos
  • Análises de flexibilidade
  • Plantas de locação de suportes
  • Des. típicos de suportes-padrão
  • Suportes especiais
  • Estudos de cargas e demandas
  • Diagramas unifilares
  • Cálculos de curto-circuito
  • Subestações
  • Salas Elétricas
  • Especificações técnicas
  • Proj. de distribuição de força, controle e aterramento
  • Proj. de iluminação interna e externa e telecomunicações
  • Diagramas funcionais
  • Estudo de coordenação das proteções (seletividade) e ajuste de relés
  • Diagramas lógicos de controle e intertravamentos
  • Plantas de locação de instrumentos
  • Detalhes típicos
  • Diagramas de malhas
  • Arquitetura de redes
  • Arranjo de salas de controle
  • Sistema Digital de Controle Distribuído – SDCD
  • Controlador Lógico Programável – PLC
  • Configuração de SDCD
  • Programação de PLC
  • Especificações de instrumentos e válvulas de controle

Estruturas de concreto:

  • Geotecnica
  • Fundações
  • Superestrutura
  • Des. de formas e armações
  • Pré-moldados

 

Estruturas metálicas:

  • Desenhos unifilares
  • Projetos detalhados para fabricação
  • Especificações técnicas

 

Implantação civil:

  • Terraplenagem
  • Arruamento e pavimentação
  • Drenagem superficial
  • Sistemas subterrâneos

 

Hidrosanitário:

  • Instalações de água quente e fria
  • Redes de esgoto sanitário
  • Critérios gerais de projeto
  • Plantas e cortes
  • Detalhes
  • Fachadas
  • Planta de cobertura
  • Especificação dos materiais de acabamento
  • Paisagismo
  • Projeto urbanístico
  • Maquetes 3D

Tecnologia LS3D - Plataforma BIM


Escaneamento digital a laser:

  • Nuvem de pontos 3D

  • Maquete 3D

Escaneamento digital a laser:

  • Banco de dados do projeto

  • Softwares de engenharia integrados


A tecnologia LS3D oferece benefícios como agilidade, e alta qualidade em detalhes dos elementos coletados em campo e armazenamento destes em nuvens de pontos. Esta tecnologia nos possibilita uma excelente precisão na execução de As Built e no desenvolvimento dos processos de engenharia posteriores.


Esta tecnologia trabalha com 04 etapas, sendo:

  • Escaneamento - Captura de dados Brownfield

  • Registro (Registration) - Alinhamento Cenas

  • Modelagem As Built

  • Engenharia 3D - Remoção de estruturas existentes / Montagem Virtual


Utilização de tecnologia 3D no desenvolvimento de engenharia - Plataforma BIM


A Sereng, visando agregar valor nos produtos oferecido aos seus clientes, combina sua vasta experiência na execução de projetos multidisciplinares, com a utilização de tecnologia de ponta no desenvolvimento da sua engenharia, de forma a oferecer soluções de qualidade, que atendam plenamente às necessidades de cada projeto.

A tecnologia atualmente utilizada pela Sereng, se fundamenta no uso de ferramentas de hardware e software que utilizam processos e conceitos da plataforma de Modelagem da Informação da Construção, ou BIM (Building information model-ling).

Os benefícios podem ser alcançados em toda as dimensões deste ciclo, ressaltando:
  • Engenharia: Aumento da qualidade, melhorando a eficiência e eliminando interferências para reduzir retrabalhos na da fase de implantação;

  • Gestão de materiais: Minimizar estoques, eliminar desperdícios e excedentes, maximizando a eficiência de custos;

  • Gerenciamento da Implantação: Eficiência na montagem, previsibilidade e visibilidade. Acesso a informações confiáveis. Possibilidade de se simular virtualmente a movimentação de equipamento e cargas;

  • Gestão de Informações e Ativos: Suporte na eliminação, minimização ou mitigação dos riscos operacionais, e garantir a confiabilidade e eficiência da produção. Dar suporte de maneira segura e confiável, fornecendo as equipes de Operação e Manutenção acesso rápido, fácil e intuitivo às informações sobre os ativos;

  • Captura de dado Brown Field: A captura rápida, confiável e precisa do ambiente físico “tal como ele é”, a fim de fornecer dados voltados à engenharia para grandes reformulações, planejamento de melhorias de eficiência e conformidade operacional;

  • Modificações de Ativos: Assegurar que as modificações dos ativos possam ser planejadas e implementadas de forma rápida, eficiente e com mínimo de custo de inatividade;

  • Segurança: Uma vantagem clara do aspecto segurança, decorre ao fato de que com o modelo em 3D, a equipe de manutenção, remotamente, pode simular as mais variadas operações sem expor a equipe aos riscos inerentes de uma área em operação;

  • Saúde: Como todo o preparativo é feito em um ambiente controlado, sem que as pessoas que nele estejam envolvidas tenham que se expor ao ambiente de uma área de operação, isso por si só já garante uma menor taxa de exposição a um ambiente não controlado, mesmo que se trate de uma área sem riscos claros a saúde, no mínimo haverá redução do stress;

  • Custos: Toda a preparação poderá ser feita com um número menor de horas, sem a necessidade de ter de levar as equipes a campo, isso contribui significativamente para a redução do tempo de mobilização e facilita em muito a coordenação destas operações;

  • Meio Ambiente: Pode-se afirmar que uma menor geração de ruídos, de vibrações, de descarte, dentre muitos outros, reduzirá os impactos sobre o meio ambiente.